Blog

Voltar

Como fazer dieta cetogênica? Entenda esse hábito alimentar

Quando se trata de dietas, nós queremos resultados rápidos e eficientes, não é mesmo? Por isso, muitas pessoas procuram como fazer a dieta cetogênica de forma saudável, já que ela oferece uma redução de peso considerável em pouco tempo. No entanto, pode ser arriscada e perigosa se feita indevidamente.

Leia o post e saiba mais sobre o tema! 

O que é dieta cetogênica?

Esse método, originalmente, não foi criado para o emagrecimento. Em 1921, o médico americano Russell Wilder desenvolveu a dieta cetogênica como alternativa complementar ao tratamento de pacientes epilépticos que sofriam com crises convulsivas.

Antes de tudo, é necessário entender que a dieta cetogênica possui duas vertentes: a terapêutica e a de emagrecimento. Para entender cada uma é necessário conhecer o nosso organismo e os processos químicos que ele desenvolve.

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo, e é por meio deles que são produzidas as glicoses. Quando não temos esse substrato, o nosso corpo precisa retirá-lo de outro lugar, no caso, a reserva de gordura e, por isso, emagrecemos.

No processo de queima das gorduras, o organismo libera toxinas chamadas de cetônicos (daí vem o nome da dieta). Essa substância funciona como neurotransmissores no nosso cérebro, amenizando as crises epiléticas. No entanto, alguns efeitos colaterais, como náuseas e enjoos, também são comuns.

Portanto, enquanto a dieta terapêutica utiliza os cetônicos para auxiliar no tratamento de doenças neurológicas graves, como Alzheimer, epilepsia, bipolaridade, esquizofrenia, depressão, Parkinson e diabetes, a de emagrecimento usa as queimas de gorduras para perder peso rápido. Podemos afirmar que essa dieta não é natural, pois altera a química do nosso organismo. Por isso, atente-se!

O corpo necessita dos carboidratos, e retirá-los de uma vez, substituindo por gorduras, traz uma série de malefícios. A recomendação é que apenas 30% do que ingerimos seja lipídios e 55 a 75% carboidratos, porém, na dieta cetogênica, o indivíduo consome de 55% a 65% de gordura e apenas 20% do substrato que fornece energia. Por isso, é importante ter cuidado e, sempre, fazer a reeducação alimentar acompanhado de um profissional da saúde.



Profissionais da saúde são indicados para esclarecer o que é dieta cetogênica e acompanhar o paciente durante o processo.

Essa é uma dieta segura e que realmente emagrece, se feita da maneira correta, porém não pode ser realizada por todo mundo e deve ter um período de prazo muito curto para não prejudicar o organismo e desenvolver doenças, como hipertensão e comprometimento dos órgãos.

Como fazer dieta cetogênica

Primeiramente, é necessário uma consulta com profissional de saúde para avaliar se seu organismo permite a dieta cetogênica (para não causar mais males do que bem). É esse especialista que vai definir, por meio de avaliações de idade, peso, histórico de doenças, nível de atividades físicas, gordura corporal, entre outros, a quantidade de calorias diárias, número de refeições e cardápio para o seu corpo entrar em cetose.

Durante as primeiras semanas é comum que seu organismo entre em fase de adaptação e consequências, como fadiga, mau-humor e cansaço. Depois disso, a tendência é a estabilização desses sintomas.

É comum observar, no primeiro mês, uma redução de até 4 quilos, o que pode deixar a pessoa animada para continuar a dieta. Na sequência dessa fase, quando não há mais carboidratos para serem queimados, o corpo busca o tecido adiposo e os músculos para fazer o processo de combustão da energia.

A dieta pode durar no máximo 6 meses, e alguns malefícios podem acompanhar esse período, como dor de cabeça, dificuldade de concentração, hipoglicemia, perda de musculatura, aumento do nível de colesterol, entre outros. Ressaltamos novamente: é importante não passar desse tempo, pois consequências ainda mais severas, como câncer e falência de órgãos, podem acontecer.

Principais benefícios

Feita corretamente, a dieta cetogênica traz uma série de benefícios, sendo o principal deles o rápido emagrecimento. Além disso, é uma grande auxiliadora para o tratamento de doenças neurológicas.

Outro ponto positivo dessa dieta é quanto à perda de gordura abdominal, chamada, também, de visceral, que está ligada a doenças cardiovasculares. Durante o período de dieta cetogênica, é comum que o nível de triglicerídeos, compostos por grupos de ácidos gordos e a adição de glicerol diminua. Isso acontece porque o principal fator que eleva esses substâncias são os carboidratos.

Com a liberação dos cetônicos, os níveis de HDL (o bom colesterol) aumentam, e os de açúcares diminuem. Também acontecem a redução de pressão arterial, de sintomas de síndrome metabólica e a inibição do apetite.

Alimentos permitidos e proibidos

Para o sucesso da dieta cetogênica, alguns alimentos devem fazer parte do seu dia a dia e, claro, do seu prato. Já os carboidratos devem ser evitados e até proibidos. Entenda melhor!

Alimentos permitidos

Os amantes de frutas que comemorem, pois todas elas são permitidas! Podem comer à vontade, principalmente os abacates e cocos, os quais são grandes fontes de gorduras boas. Falando nisso, castanhas, nozes, avelã e amêndoas também devem ser consumidas constantemente.



Compreender a dieta cetogênica e como funciona a ingestão dos alimentos no cardápio é essencial para o sucesso do emagrecimento.

No campo das proteínas, abusem de carnes, como peixes, frangos e porcos. Gorduras, como manteigas, iogurte, creme de leite, queijos, ovos e azeite, também são permitidas.

Os legumes e leguminosas, tipo espinafre, alface, brócolis, pepino, cebola, abobrinha, couve-flor, aspargos, chicória vermelha, repolho, pak choi, couve, aipo e pimentão, podem e devem fazer parte do seu prato.

Alimentos proibidos

No campo dos proibidos estão, principalmente, os carboidratos, sendo exemplos o arroz, o macarrão, o milho, os cereais, a aveia, os pães, as massas e o amido de milho. Além disso, também é melhor evitar ingerir batata inglesa e doce, macaxeira, inhame, mandioquinha, feijão, soja, ervilha e grão-de-bico.

Nada de bebidas alcoólicas, refrigerantes, sucos, cafés, chás, achocolatados, leites ou qualquer líquido adoçado com açúcar. Logo, doces, como bolos, biscoitos, chocolate, balas e sorvetes, também estão fora de cogitação.

 Exemplo de cardápio de dieta cetogênica

É importante o acompanhamento profissional para um cardápio ideal para cada pessoa. Abaixo, separamos um exemplo, com redução de carboidratos feito pela nutricionista Laís Polyane Assis, mas é importante não segui-lo sem consulta médica especializada!

RefeiçãoAlimentoQuantidadeMedida caseira
DesjejumOvos mexidos
Sal
Orégano
Queijo de Coalho
Café
Óleo de coco

100g


25g
150ml
10ml

2 unidades
½ colher de chá
1 colher de chá
2 fatias
1 xíc. P
1 colher de sopa
Lanche da manhãAbacate
Cacau em pó
100g
10g
1 fatia média
½ colher de chá
AlmoçoSalada colorida: alface,
beterraba, cebola, cenoura,
repolho, tomate, milho verde
Azeite e limão
Frango assado
20g de cada
alimento

15 ml/cada
100g

2 colher de sopa/cada

1 filé P 


Lanche da tardeBanana
Castanha de caju
100g
8g
1 unidade
4 unidade
Jantar

Omelete:
Ovo
Sal
Carne bovina desfiada
Tomate
Cebolinha
Orégano
Tomate
Cebolinha
Orégano

100g
50g
60g
20g
10g
5gg

1 unidade M
1 unidade
½ colher de chá
1 pedaço P
1 colher de chá

CeiaIogurte desnatado
Semente de linhaça
90g
10g
1 unidade
1 colher de sopa rasa


A dieta cetogênica ganhou destaque pelo rápido emagrecimento e pela facilidade na perda de gorduras, mas é importante esclarecer todos os pontos, negativos e positivos, na hora de bater o martelo e decidir se vale a pena investir.

Com todos os prós e contras, é imprescindível que todo o seu processo de emagrecimento por meio da cetose seja orientado por especialistas e auxiliado de atividades físicas.

Para acompanhar todos os resultados obtidos, você pode adquirir uma balanças de bioimpedância. Será muito mais fácil manter-se seguro sobre o que a dieta está causando no seu organismo e se certificar que sua saúde está vindo em primeiro lugar.

Para conferir mais conteúdos como esse, acesse a newsletter da Yunmai e descubra como se manter saudável e em forma.